Plantão
Poema e Poesia

Humildade

Publicado dia 21/11/2019 às 14h02min | Atualizado dia 21/11/2019 às 18h53min
Estamos Iniciando com a Poeta da Cidade de Goiás...
Estamos Iniciando com a Poeta  da Cidade de Goiás, homenageando nossa Colega Viviane  e o Escritor Carlos Drumont de Andrade que impulsionou a carreira da Poeta em inicio que escrevia desde 14 anos e somente obteve grande reconhecimento após Carlos Drumont publicar uma Carta no Jornal do Brasil em 1979.
 
Publicação de Poemas! Um novo Quadro! Estamos Iniciando com a Poeta  da Cidade de Goiás, homenageando nossa Colega Viviane  e o Escritor Carlos Drumont de Andrade que impulsionou a carreira da Poeta .
 
 

Senhor, fazei com que eu aceite
minha pobreza tal como sempre foi.

Que não sinta o que não tenho.
Não lamente o que podia ter
e se perdeu por caminhos errados
e nunca mais voltou.

Dai, Senhor, que minha humildade
seja como a chuva desejada
caindo mansa,
longa noite escura
numa terra sedenta
e num telhado velho.

Que eu possa agradecer a Vós,
minha cama estreita,
minhas coisinhas pobres,
minha casa de chão,
pedras e tábuas remontadas.
E ter sempre um feixe de lenha
debaixo do meu fogão de taipa,
e acender, eu mesma,
o fogo alegre da minha casa
na manhã de um novo dia que começa.

Cora Coralina
 
Fonte: www.pensador.com